SÃO LUÍS – Estudantes de Direito da UNDB visitam o MPMA

Foto geral UNDBPGJ e alunos da UNDBMarco Amorim Alunos UNDBAna Teresa alunos UNDBdra Klycia alunos UNDBDr Nonato alunos UNDBDr Chai alunos UNDBAlunos UNDB geralAlunos UNDB Avaliação Na manhã desta quarta-feira, 7, estudantes do curso de Direito da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco (UNDB) visitaram a sede da Procuradoria Geral de Justiça, em São Luís, para conhecer o trabalho desenvolvido pelo Ministério Público do Maranhão. Eles foram recepcionados por membros da administração superior, que apresentaram os projetos, ações e atividades desenvolvidas pela instituição em diversos segmentos.

O secretário para Assuntos Institucionais, Marco Antonio Amorim, iniciou as atividades dando boas-vindas aos cerca de 250 alunos presentes e destacou que a instituição está de portas abertas a todos os cidadãos. Ele apresentou a missão institucional do MPMA, composição, trabalho judicial, extrajudicial e áreas de atuação. “A atuação do Ministério Público no Maranhão tem muitos desafios e um dos principais é combater a corrupção para que tenhamos uma sociedade mais justa para todos. Esperamos que este momento seja de reflexão para vocês”.

Em seguida, a promotora de justiça Klycia Menezes apresentou o trabalho desenvolvido pelo Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco). Ela discorreu sobre os ramos de trabalho para desvendar crimes de corrupção, roubo a bancos, pistolagem, grupos de extermínio, homicídio, latrocínio e tráfico de drogas. Um dos casos abordados foi a operação “Paraíso Fiscal”, cuja investigação resultou na recuperação de R$ 64 milhões desviados dos cofres públicos por meio de créditos tributários. “O MP é um transformador da ordem social pelo seu trabalho firme de combate à corrupção”.

A promotora de justiça Ana Teresa Silva de Freitas, que é diretora da Escola Nacional do Ministério Público, indicou aos estudantes que acompanhem a página do MPMA e participem dos cursos e treinamentos abertos à comunidade. “Através do conhecimento, vivências e experiências, podemos transformar nossa sociedade. Estejam conosco participando”.

No mesmo sentido, o diretor da Secretaria de Planejamento e Gestão, Raimundo Nonato Leite, enfatizou que a visita é uma importante oportunidade aos alunos para conhecerem o Ministério Público sob um aspecto diferente. “A mudança no perfil ministerial com a Constituição de 1988 forçou uma mudança de comportamento. O Ministério Público está se reinventando. Nossos projetos institucionais são voltados à resolutividade, resposta às demandas sociais”.

Para o coordenador do Centro de Apoio Operacional de Defesa dos Direitos Humanos, Cássius Guimarães Chai, o trabalho do Ministério Público é abrangente e o respeito aos direitos humanos deve ser, acima de tudo, um compromisso individual e coletivo. Além disso, ele destacou as campanhas e publicações produzidas pelo MPMA. “O que produzimos aqui é para todos nós. Acessem as publicações disponíveis, busquem o conhecimento, capacitem-se! O mundo está para ser conquistado”.

O procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, destacou que o Ministério Público é a terceira instituição com maior credibilidade do país e isso é resultado do esforço coletivo. “O Ministério Público é o braço da cidadania e por isso atuamos em todos os ramos. Nesse cenário, o Ministério Público do Maranhão é reconhecido pelo Conselho Nacional, o CNMP, como um dos mais transparentes do Brasil”.

Na avaliação do chefe do MPMA, a instituição mantém sua legitimidade de cobrar a transparência dos gestores públicos porque é transparente em suas ações. Ele também lembrou que o atendimento ao cidadão é essencial, e as portas do MP estão sempre abertas. “Em um país marcado por desigualdades sociais, somos indutores de políticas públicas. Estejamos, sempre, nós todos, vigilantes na defesa da cidadania e da democracia, especialmente em um momento de turbulência social”.

Após a apresentação, os estudantes participaram de um sorteio e receberam publicações do Ministério Público.

AVALIAÇÃO

Na avaliação dos estudantes do 8º período do curso de Direito da UnDB, Bianca Aguiar e Rafael Leite, a visita ao Ministério Público foi bastante esclarecedora. “A experiência foi ótima, muito boa, pois nos abriu a visão para novas possibilidades”, afirmou Bianca.

“Na faculdade, estudamos sobre as instituições que compõem o sistema de justiça. Foi muito enriquecedor esse momento para nós como alunos e também como cidadãos. Ouvir a experiência dos membros do Ministério Público nos trouxe conhecimento”, destacou Rafael.

Os 250 alunos participantes foram acompanhados pelo professor Diego Menezes. “Agradecemos a excelente recepção do Ministério Público”, comentou.

Redação e fotos: CCOM-MPMA

Powered by WPeMatico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *