SÃO LUÍS – MPMA solicita uso de urnas eletrônicas em eleição dos Conselhos Tutelares

Spread the love
tre 33Membros do Ministério Público do Maranhão solicitaram, em reunião realizada na manhã desta terça-feira, 16, na sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em São Luís, apoio técnico e a cessão de urnas eletrônicas para as eleições de 2019 dos representantes dos Conselhos Tutelares, nos municípios maranhenses.

O requerimento, assinado pelo procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, e pelo coordenador do Centro Operacional da Infância e Juventude (CAOp-IJ), promotor de justiça José Frazão Sá Menezes Neto, foi entregue ao presidente do TRE, desembargador Cleones Carvalho Cunha.

Do MPMA, também participaram da reunião o diretor da Escola Superior do Ministério Público do Maranhão, Márcio Thadeu Silva Marques, e o promotor eleitoral Pablo Bogéa.

A concessão de urnas eletrônicas pela Justiça Eleitoral para o pleito dos Conselhos Tutelares já foi garantida em estados como Sergipe, Bahia, Paraíba e Tocantins.

Igualmente estiveram presentes na audiência o diretor-geral do TRE, André Menezes Mendes; o secretário de Informática do TRE, Gualter Gonçalves Lopes; o coordenador de Sistemas Eleitorais, José Wagner Sales; a secretária de Administração e Finanças, Débora Márcia Soares Veras.

A eleição dos componentes dos Conselhos Tutelares vai ser realizada no dia 6 de outubro de 2019.

“O Ministério Público do Maranhão trabalha para assegurar a lisura e eficiência do processo eleitoral do Conselho Tutelar, que é um órgão fundamental para garantir os direitos das crianças e adolescentes”, afirmou o procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho.

Para o promotor José Frazão, a utilização das urnas eletrônicas é importante para que seja garantida a regularidade das eleições, além de propiciar maior agilidade na apuração dos votos e declaração dos vencedores em todo o estado.

Redação e foto: CCOM-MPMA