Homenagem às mães é realizada na PGJ

Spread the love
DSC 0851dia das mães 1dia das mães 12dia das mães 13dia das mães 11dia das mães 2dia das mães 3dia das mães 7dia das mães 9Um evento alusivo ao Dia das Mães foi realizado, na manhã desta sexta-feira, 10, na Procuradoria Geral de Justiça. Na programação, exposição de artes e presentes, degustação de produtos e apresentação teatral.

Na abertura, o procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, homenageou as mães com um poema de Mário Quintana, falando sobre o amor incondicional que só elas têm. “As mães são a perfeita representação da dedicação, bondade, amor, carinho e tudo de bom que existe no ser humano”, afirmou.

A subprocuradora-geral de justiça para Assuntos Administrativos, Mariléa Campos dos Santos Costa também comentou sobre a importância das mães, homenageando a todas em nome da servidora Maria de Jesus, a “Dona Dijé”, uma das mais antigas da Procuradoria Geral de Justiça. Já o diretor-geral da PGJ, Emmanuel Guterres Soares, ressaltou a importância do respeito às mães. “Ser mãe é a missão mais sublime do ser humano na terra”.

O diretor da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), Raimundo Nonato Leite Filho, também destacou a importância das mães. “São elas as responsáveis por criar cidadãos com educação e respeito para o mundo”. A chefe da gabinete da PGJ, Fabíola Fernandes Faheína Ferreira falou sobre a dupla jornada enfrentada pelas mulheres modernas, no trabalho e nos cuidados com a família. “Precisamos estar sempre com um sorriso no rosto e enfrentar as adversidades”, destacou.

A procuradora Iracy Figueiredo Martins lembrou a realidade de muitas promotoras de justiça que trabalham no interior do estado. “Temos que homenagear essas mulheres que cuidam de nossos filhos enquanto estamos trabalhando, que também são mães”. A procuradora Sandra Lúcia Mendes Alves Elouf igualmente se referiu ao tempo de dedicação ao trabalho. “Quando deixamos nossos filhos, estamos em busca do melhor para eles”.

Em seguida, a servidora Fabiana Fontes fez uma benção, relacionando a vida das mães a passagens da Bíblia. Logo depois, houve uma apresentação teatral especial sobre o Dia das Mães com o grupo Cara de Palco, seguida do sorteio de uma tela ofertada pelo artista plástico Beto Lima.

Um bolo foi servido aos presentes, com homenagens à procuradora de justiça Iracy Figueiredo, que representou os membros, e à Dona Dijé, representando as servidoras.

Redação: Rodrigo Freitas (CCOM-MPMA)

Powered by WPeMatico