Destaques da Sessão Ordinária da Câmara de Mangabeiras do dia 27 de maio de 2019

Spread the love

Foi realizada na segunda-feira, 27 de maio, mais uma Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de São Raimundo das Mangabeiras no ano de 2019. Estavam presentes os vereadores (as): Ailton Costa, Catré, Cobra, Darleia Oliveira, Emerson Cardoso, Emir Alencar, Irmão Leonardo, Júlio da Foto Layser, Maurício Dião e Nonato da Papelaria.

Justificada a ausência da Vereadora Alessandra Alvarenga.

A Sessão contou com a presença do Major Rogério, Comandante da 3ª Companhia do 4° Batalhão de Polícia Militar do Maranhão, sediada no município.

Confira, AQUI, síntese das falas dos vereadores e demais participantes da sessão.

Assista aos destaques:

Destaques das falas dos vereadores:

O Vereador Irmão Leonardo, presidente da mesa diretora, informou, ao comentar sobre oficio enviado pela Paroquia do Município para que a Câmara receba a visita de missionários, que propôs ao Padre Jorge que a data da visita missionária seja realizada no dia 05 de junho. Ressaltou que será um momento para que seja feita uma apresentação sobre o papel da câmara e dos vereadores, com cerca de uma hora de duração. Justificou que não foi realizada Sessão Ordinária na segunda-feira dia 20 de maio porque os vereadores foram participar da abertura do AgroBalsas, sendo um momento importante para que os vereadores apresentassem algumas demandas do município à classe política presente ao evento. Informou que a polícia militar na região está passando por transição de comando. Comentou que o Major Rogério deverá ser o subcomandante do 4° Batalhão de Polícia Militar, sediado em Balsas. Informou que recebeu a informação de que a ponte de madeira do Povoado Canto Grande será restaurada, que a madeira já chegou ao local e que a obra deve iniciar esta semana. Comentou que a recuperação da ponte de madeira não exclui a necessidade da construção da ponte de concreto, pois sem ela o trafego mais intenso rum à Agro Serra não é possível.

O Vereador Júlio da Foto Layser apresentou indicação solicitando que o poder executivo realize a construção de lombada na Rua Rio Branco, em frente à casa do senhor Deusamar Tibuço (DP), e uma lombada na Rua Santos Dumont, em frente à casa do senhor Adoniran. Pediu que as lombadas sejam feitas de forma padronizadas, para que não causem transtornos ao povo, garantindo a trafegabilidade, inclusive tendo atenção às necessidades dos cadeirantes. Relatou que no dia 19 de maio a Câmara esteve representada no lançamento da safra 2019-2020 da Fazenda Agro Serra. Ressaltou que é importante a participação dos vereadores em eventos como esse, pois, assim, podem aproveitar para reivindicar demandas do município, o que ele fez. Informou que conversou com o Secretário Simplício Araújo sobre a ponte sobre o Rio Neves, no Povoado Canto Grande, e que o mesmo informou que a ponte será construída. Mencionou que, durante o evento, o Dr Pedro, sócio da Agro Serra, compartilhou sentimento de querer ajudar o município de São Raimundo das Mangabeiras com a construção de 500 casas para os funcionários da empresa, devendo o município entrar com a contrapartida dos terrenos. Comentou que o Dr Pedro confidenciou que construirá um auditório e doará para o município. Informou que o prefeito rodrigo Coelho viajou a São Paulo para receber mais uma nova ambulância para o SAMU do município. Lembrou que será a segunda ambulância nova do SAMU, o que renova a frota de ambulâncias do órgão. Parabenizou o Major Rogério pela indicação para ser o subcomandante do 4° Batalhão de Polícia Militar do Maranhão.

O Vereador Emerson Cardoso relatou que um problema do município que está tirando a paz de muitos é o loteamento do Bairro Cidadão. Solicitou que seja enviado oficio à Secretaria pertinente para que informe sobre qual o motivo dos lotes ainda não terem sido entregues, uma vez que os beneficiários já cumpriram as exigências burocráticas. Relatou que outro problema do loteamento é as invasões, promovida por pessoas que não foram contempladas. Justificou que o envio do oficio resguarda os vereadores quanto aos questionamentos do povo. Ponderou que é preciso organizar a distribuição desses lotes. Mencionou que recentemente existiu uma manifestação de professores contra o contingenciamento de 30% do orçamento da educação federal. Comentou que a manifestação, em muitos lugares, teve um plano de fundo ideológico e que não teve relação com a pauta da educação inicialmente divulgada. Mencionou que Bolsonaro pegou o maior pepino do mundo ao tentar concertar um país mergulhado no caos, na ignorância e na corrupção. Disse que parece que o povo brasileiro gosta do que não presta, gosta da corrupção, pois quando aparece alguém que quer colocar as coisas no trilho, grande parte da população se volta contra. Salientou que Bolsonaro é o presidente de todos, que compara o Brasil como um avião e que o presidente é o piloto, mas que têm pessoas querendo que o piloto morra.

O Vereador Cobra parabenizou o Major Rogério pela promoção que obteve para ser o subcomandante do 4° Batalhão de Polícia Militar. Mencionou que procurou o Secretário Municipal de Infraestrutura para saber de algumas informações. Ponderou que é preciso um melhor gerenciamento das máquinas que realizam a manutenção das estradas para que o povo fique mais satisfeito.Relatou que recebeu reivindicação de moradores da Vila Ceci sobre problemas no abastecimento de água e que conversou com o responsável pela distribuição. Sugeriu que no Bairro Vila Ceci é possível fazer a distribuição de água por setor, como a Caema vem fazendo na sede do município, o que pode garantir uma distribuição mais adequada. Mencionou que já fez essa sugestão ao responsável pelo controle da distribuição. Apresentou indicação verbal solicitando que seja enviado oficio à Secretaria de Infraestrutura para que esta tenha uma bomba reserva para suprir os problemas que vierem a surgir nos poços do Bairro Vila Ceci.

A Vereadora Darleia Oliveira comentou que os vereadores estão sempre preocupados com a demanda do povo, mas infelizmente os vereadores não têm o poder de resolver. Relatou que o problema de abastecimento no Bairro Vila Ceci continua e que os moradores culpam o responsável pela distribuição. Sugeriu que o povo procure a Promotoria de Justiça para que haja uma mobilização desta no sentido de que a Prefeitura tenha bombas reservas para evitar que o abastecimento seja interrompido. Relatou que a bomba está queimada e que o abastecimento está sendo feito por carro pipa, mas que este está abastecendo umas casas e outras não.Relatou que recebeu a informação de que existe trabalhadores da limpeza que estão há dois meses sem receber o salário. Salientou que é preciso que os trabalhadores recebam em dias, pois precisam honrar seus compromissos pessoais, como pagar as contas de energia. Defendeu que o responsável pela limpeza pública compareça à câmara para esclarecer o caso. Pediu que a câmara solicite ao prefeito para que realize concurso público, pois a Prefeitura está gastando mais com folha de contratados do que com saúde. Ponderou que o povo precisa de saúde, de estradas, dos salários em dias.

O Vereador Emir Alencar parabenizou o Major Rogério pela convocação para auxiliar o comando geral em Balsas. Destacou a presença de moradores do povoado Morro do Chupé à sessão. Relatou que os vereadores estiveram em São Luís, que já se reuniram com representantes dos legislativos estadual e federal e sempre ouvem a mesma questão, que falta dinheiro para as ações pretendidas. Defendeu que os vereadores precisam ver a possibilidade de se criar emendas impositivas no orçamento, pois não adianta estudar, discutir e aprovar o orçamento e ver que as emendas não foram atendidas. Comentou que os vereadores não estão tendo respostas de questões elementares, como é o caso de dois requerimentos que enviou e que ainda não obteve resposta, um ao Secretário de Cultura, sobre o carnaval, e outro enviado à Secretária de Meio Ambiente, sobre os problemas enfrentados por moradores da região do Riacho Riachão. Disse que a área do Bairro Cidadão é um problema, que é objeto de invasão e que no futuro não terá como aplicar um plano diretor por falta de organização dos lotes. Comentou que o problema acarreta em outros, como a segurança pública. Ponderou no que Vale Verde e Morro do Chupé ocorreu o mesmo. Informou à mesa diretora que espera que os seus requerimentos sejam atendidos até a próxima sessão e que, se isso não correr, irá trabalhar no sentido de convocar os Secretários para comparecem à Câmara e, se for preciso, inclusive o Prefeito.

Fonte: Câmara de São Raimundo das Mangabeiras

Powered by WPeMatico